Governo do Irã condena ataque de Israel

Bahram Ghasemi, porta voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã. Foto: Reprodução Web

Israel bombardeou alvos iranianos na Síria deixando 23 pessoas mortas e vários feridos.

O Ministério das Relações Exteriores do Irã condenou, nesta sexta-feira (11), o bombardeio realizado por Israel na Síria ontem (10).  O porta voz do ministério, Bahram Ghasemi, citado pela agência Isna, condenou “com firmeza os ataques do regime sionista”.

Bahram qualificou o ato de agressão baseado em “pretextos infundados” para atacar a Síria. Além disso, o clérigo Ahmad Khatami declarou também que as cidades de Tel Aviv e Haifa serão destruídas no caso de Israel agir “estupidamente”.

“Vamos expandir nossa capacidade de mísseis apesar da pressão ocidental para fazer Israel saber que se eles agirem estupidamente, Tel Aviv e Haifa serão totalmente destruídas”, disse.

Na quinta-feira, Israel anunciou que atacou posições “iranianas” na Síria, em represália por ataques do Irã contra a parte das colinas de Golã sob controle do Estado hebreu. O ataque deixou 23 pessoas mortas e vários feridos.

Com informações da AFP


Leia mais

Ataque de Israel deixa 23 mortos na Síria
Os EUA saem do acordo nuclear com Irã

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!