Impacto Evangelístico – Decida Viver

Foto: Vanessa Soares

A ação realizada por membros de uma Igreja de Vitória (ES) alertou a população sobre as formas de prevenção do suicídio.

A cada dois dias uma pessoa comete suicídio no Espírito Santo. No ano passado, foram 184 registrados no Estado. Os dados são da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Espírito Santo (Arsi), divulgados esse mês.

Os números alarmantes de pessoas tirando a própria vida, preocupam autoridades. Ações tem sido feitas no sentindo de prevenir vidas. É o que propõe o Setembro Amarelo. Na busca de ajudar quem precisa de ajuda, é que uma Igreja de Vitória (ES) resolveu ir as ruas alertar a população sobre as formas de prevenção do suicídio.

No último domingo (23) cerca de 110 pessoas, membros da Igreja Batista Atitude, na capital, participaram de uma ação em vários pontos da cidade. Foi o impacto evangelístico com a temática “Decida viver”.

Foto: Vanessa Soares

Em cada lugar uma parada para uma pequena abordagem. No sinal de trânsito, nas caminhadas na orla da praia, ambulantes, ou quem simplesmente estava passeando. Todos foram abordados.

“Entregamos panfletos com mensagens e versículos que promoviam a vida, a alegria, a esperança e a fé de que em Cristo, somos mais que vencedores”, explicou o pastor Bruno Caetano, líder da ação.

Engajamento e resultados

O objetivo da ação foi aproveitar o mês “setembro amarelo”, para anunciar a vida abundante que só encontramos em Jesus.

Foto: Vanessa Soares

“Nosso foco não foi somente pregar contra o suicídio, mas principalmente pregar a vida abundante que só encontramos em Jesus. Queremos atender o clamor de nossa cidade para mostrar para as pessoas que não precisam enfrentar suas dores sozinhas. Jesus Cristo é a resposta que eles precisam”, disse.

Perguntas como “posso orar por você”, “Você precisa da intervenção de Deus em alguma área da sua vida” foram feitas nas abordagens. Segundo o pastor, os resultados foram surpreendentes. “Encontramos muitas pessoas abertas a escutar e também a falar”, concluiu.

Para os membros da Igreja que participaram da ação um momento de renovação e ajuda a quem precisa ouvir a palavra da Deus. “A gente sente a diferença naquelas pessoas quando abordamos e conversamos com ela. Falar da palavra de Deus e que só Ele pode trazer vida abundante foi especial. A cada entrega de convite percebi uma resposta imediata. Foi muito gratificante. Fiquei muito impactada. O que eu puder fazer para contribuir para a obra de Deus eu irei fazer”, contou Rayane Ketlin, uma das membras da igreja.


Leia mais

Setembro Amarelo acende o alerta contra o suicídio
Ações de prevenção ao suicídio no Setembro Amarelo
Campanha “Setembro Amarelo” busca reduzir suicídios

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!