“Igreja que Navega” atende comunidades no Amazonas

Com capacidade de mais de 100 pessoas, a Igreja que Navega é destinada às reuniões evangelísticas nas comunidades ribeirinhas

Para atender as cerca de 10 mil comunidades ribeirinhas sem presença evangélica e às 117 etnias indígenas que nunca tiveram contato com a Bíblia na bacia amazônica, a Igreja Adventista do Sétimo Dia criou um templo flutuante

Construído com estrutura em alumínio, o barco mede cerca de 27 metros de comprimento e 7,5 de largura. Num dos dois conveses, e no convés inferior está o auditório principal, um espaço para abrigar mais de 100 pessoas e destinado às reuniões evangelísticas nas comunidades.

A Igreja que Navega

O templo flutuante foi projetado para dar suporte evangelístico e assistencial, em parceria com a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (Adra Brasil) e as lanchas Luzeiro. É possível monitorar em tempo real na internet onde o barco está, através do site igrejaquenavega.org.

Assista ao vídeo que mostra um pouco do processo de construção: