Projetos e Ministérios voltados para Idosos

Equipe do ministério Melhor Idade da Casa da Honra. Foto: Comunicação Lagoinha

Estatuto do Idoso completa 15 anos de vigência nesta segunda (1º), que é comemorado o Dia Nacional do Idoso. Projetos relacionados ao Ministério da terceira idade nas Igrejas mudam a perspectiva deles.

Nas próximas décadas o número de idosos no Brasil deve aumentar. De acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano de 2050, haverá 73 idosos para cada 100 crianças.

O país tinha 28 milhões de idosos no ano passado, ou 13,5% do total da população. Em dez anos, chegará a 38,5 milhões (17,4% do total de habitantes). O crescimento da expectativa de vida dos brasileiros e a diminuição da natalidade são os fatores pelo aumento da “terceira idade”. O Estatuto do Idoso completa nesta segunda (1º) 15 anos de vigência.

Para o líder do Ministério do Idoso nas regiões norte e leste de São Paulo, da Igreja Adventista do Sétimo Dia, Dermival dos Reis, a faixa etária é o que mais desafia o país e a igreja.

“O crescimento tem sido contínuo e, em muitas igrejas, é o maior grupo, mais que jovens e crianças. A possibilidade de uma velhice bem-sucedida, relevante na igreja e na comunidade é o nosso desafio”, comenta.

Diante do novo cenário nas congregações, a Sede da Igreja Adventista na América do Sul (Divisão Sul-Americana) estabeleceu o Ministério do Idoso para cada Igreja Adventista do Sétimo Dia local. Para Reis, a decisão é desafiante. “Precisamos ter líderes que amem o idoso para iniciar o trabalho de maneira intensa nas igrejas e comunidades”, ressalta.

Proami

O Projeto Amigos do Idoso, da Igreja Adventista existe há 10 anos em Itaim Paulista (SP) e possui 20 integrantes. A idealizadora Nilda Santos foi a primeira pessoa a ser batizada na igreja local, em 1964. Simpatizante do grupo da “terceira idade”, decidiu criar um projeto que pudesse ajudar os “vôs” e “vós” com atividades e eventos relacionados a faixa etária.

Casa da honra 

A Igreja Batista Lagoinha também desenvolve um trabalho especifico para a terceira idade. É a “Casa da Honra”, que funciona para atender as necessidades espirituais, emocionais, psicológicas e físicas dos idosos.

São atividades que reforçam a importância e o valor do idoso para Deus. “Nosso maior objetivo é que os idosos não caiam no estado de dependência, que eles sejam ativos e deem frutos. Na Casa da Honra desenvolvemos projetos que fazem com que o idoso se sinta respeitado, e amado e ainda mantenha a mente e o corpo ativos por meio do conhecimento da Palavra de Deus”, explica a pastora Regina Estrella, líder do projeto.


Leia mais

Estudo afirma que religiosidade na terceira idade faz bem
Terceira idade – Sabedoria integrada à Igreja e à Sociedade

Compartilhe

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!