Igreja cria gibi infantil para explicar a ideologia de gênero

Foto ilustrativa

O gibi infantil é para combater a ideologia de gênero. O material será produzido em três línguas no formato impresso e digital. Será lançado no próximo dia 20.

Trata-se de um gibi colorido de 15 páginas, uma espécie de livro. Material vai ajudar pais e professores a explicarem para as crianças sobre o verdadeiro conceito de identidade. É o projeto Viva a Diferença, da Igreja Batista do Bacacheri, de Curitiba (PR), em parceria com a Convenção Batista Brasileira. O gibi será lançado no próximo dia 20 de março.

O gibi será distribuído de forma totalmente gratuita. E será produzido em português, inglês e espanhol. Ele terá formato impresso e também digital. O material será uma ferramenta na luta contra a ideologia de gênero.

“O projeto Viva a diferença tem o objetivo educar, nossas crianças cristãs, conforme ensinamentos bíblicos, verdade biológica, direitos adquiridos pela constituição federal. Como cristãos ensinamos nossas crianças que elas são diferentes, nasceram diferentes, tem sexo diferentes e uma identidade única em concordância com sua biologia e cultura, gerada e criada a imagem e semelhança de Deus”, diz Roberto Silvado, presidente da CBB.

Produção

O Gibi terá linguagem simples e acessível. É voltado para as famílias. O texto foi produzido pela psicóloga Marisa Lobo e doado à Igreja Batista do Bacacheri. O conteúdo tem base bíblica, além de ser constitucional.

“Temos direitos de viver conforme nossas tradições e fé. Como cristãos ensinamos nossas crianças que elas são diferentes, nasceram diferentes, tem sexo diferentes e uma identidade única em concordância com sua biologia e cultura, gerada e criada a imagem e semelhança de Deus”, diz o texto da CBB.

Desde o início das divulgações do projeto, várias empresas e igrejas já entraram em contato com a igreja. “Conselhos de diversas áreas manifestaram apoio e estamos indicando como todos podem fazer dessa ferramenta útil para o esclarecimento. Nosso sonho é que as famílias cristãs estejam esclarecidas sobre o assunto e se posicionem fundamentadas nos princípios bíblicos, declarou o pastor Eduardo Klein, coordenador do projeto.


Projeto Gibi “Viva a diferença”

Lançamento: 20 de março
Local: Igreja Batista do Bacacheri, em Curitiba (PR)
Hora: 19h30
Para conhecer mais sobre o projeto acesse aqui.


Leia mais

STF autoriza mudança de nome de transgêneros no registro civil
Fé vence no STF

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!