Filme “Eu só posso imaginar” supera expectativas

Foto: Reprodução Web

O filme cristão ficou em terceiro lugar na bilheteria dos cinemas do EUA, com U$ 17,1 milhões. E bateu produção da Disney.

O longa é baseado em fatos reais. E conta a história de Bart Millard, vocalista da banda Mercyme. Para a surpresa dos cineastas, o filme fiou em terceiro lugar no primeiro final de semana de exibição dos cinemas do EUA. Ficou atras de “Tomb Raider” e “Pantera Negra”. Foi muito além das expectativas.

O filme é um drama que fala sobre o valor do perdão. Recebeu nota A do CinemaScore, mostrando também ser um sucesso de crítica. Segundo relatou o Christian Post, trata-se do maior sucesso comercial de um filme feito por uma produtora cristã independente.

Um dos fundadores da Roadside Attractions, Howard Cohen, disse que está feliz por ver que a história inspiradora do filme está recebendo seu reconhecimento. A trilha sonora do filme é a música “I Can Only Imagine”, o maior sucesso do MercyMe.

O diretor Andrew Erwin, disse que “A mão de Deus tem estado nesta história desde o início. Estamos encantados de ver uma história sobre perdão e redenção atrair com tantas pessoas” 
Sinopse

Bart Millard (J. Michael Finley) é o vocalista da banda cristã MercyMe e tem um relacionamento conturbado com seu pai (Dennis Quaid), que sempre o tratou de maneira dura e nunca entendeu seu amor pela música. Conseguindo forças através de Deus, Bart resolve então eternizar sua relação em uma canção, “I Can Only Imagine”.

Confira o trailer


Leia também

Filme “Eu só posso imaginar” estreia em março

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!