Fábrica de Igrejas

Há tantas necessidades para preencher e, por vezes, a enormidade de tudo isso pode parecer paralisante.

A tarefa de plantar uma igreja com sucesso pode dar trabalho. Mas para o pastor Ed Stetzer, que é diretor da Escola de Missão, Ministério e Liderança no Wheaton College dos EUA, pode dar certo. O primeiro passo é recrutar uma boa equipe de lançamento. Ele dá quatro dicas para recrutar membros da equipe de para uma próxima fábrica de Igrejas.

Oração

Primeiro é preciso começar orando, com amigos íntimos, outros pastores e outras pessoas com quem se conectou em sua jornada. Deus pode guiar os outros para se juntarem à equipe de lançamento no processo de oração.

Planejamento

O planejamento é essencial. É preciso alguém focado em evangelismo e alguém para fazer finanças. “Observe que algumas coisas que podem se desenvolver mais tarde na igreja não são essenciais para iniciar a igreja. Por exemplo, o ministério estudantil provavelmente não é a primeira coisa que você precisa. No entanto, em muitos contextos culturais, alguém que trabalha com crianças é uma obrigação”, diz o pastor Ed Stetzer.

Faça o pedido

Depois de ter orado e planejado o próximo passo é fazer o pedido. “É aqui que você vai se sentar com as pessoas e pedir que elas participem. Não tenha medo de perguntar. Seja ousado Você está planejando uma grande causa”, explicou.

Desenvolvimento da equipe.

Uma vez que as pessoas dizem sim para atender às necessidades que foram previsas e planejadas, o próximo passo é desenvolver a equipe.

“Parte do desenvolvimento de sua equipe é fornecer treinamento para aqueles que você pediu para preencher determinados papéis. Não peça a alguém para liderar seus pequenos grupos e não dar a ele ou ela alguns recursos ou treinamento”, esclareceu o pastor. 

Fazer projetos voltados para o evangelismo e visitar igrejas durante o tempo em que ainda não ter reunião é importante. 

Uma nota importante

É importante notar que a equipe de lançamento nem sempre fica com a igreja a longo prazo. O grupo principal tende a ficar. Mas a equipe de lançamento pode funcionar como foguetes impulsionadores de lançamento. 

Segundo o pastor, muitos plantadores de igrejas se machucam porque não antecipam a partida das pessoas. Então eles não estão preparados para isso. “Precisamos estar conscientes desde o início que muitas pessoas amam a ideia de uma igreja. Mas elas não gostam da planta da igreja tanto quando está realmente lá. É aconselhável pedir às pessoas que se comprometam com o tempo e depois lhes dêem permissão para ir ou ficar”, complementou.

*Ed Stetzer, com informações de Christianity Today

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!