Mulher vence câncer e evangeliza pessoas em Hospitais de Belo Horizonte

Renata ajuda pessoas com câncer
Após vencer a batalha do câncer, Renata resolveu ajudar outras pessoas com a mesma doença. Foto: Comunicação/ Lagoinha

Renata Medeiros venceu a batalha do câncer. Foi uma experiência difícil. Viu o sofrimento das pessoas. E resolveu fazer diferente. Criou o projeto “Amor que cura”. Há cinco anos, ela leva alimentos para os doentes e a palavra de Deus.

Essa semana, Renata deu entrevista para o programa “Sempre Feliz”, da Rede Super de Televisão. E contou sobre sua vida, da luta pelo câncer e do projeto. Ela foi diagnosticada com o câncer de mama em 2012. Fez tratamento por um longo e difícil tempo, mas venceu. Renata sentiu o chamado de Deus para ajudar outras pessoas coma mesma doença.

“Tudo começou quando eu fui diagnosticada com câncer de mama. Eu fui fazer o meu tratamento no hospital e chegando lá eu me deparei com uma situação muito diferente da que eu vivia na época”, disse.

Amor que cura

Renata criou o Projeto “Amor que cura”. Ele oferece apoio a pessoas que enfrentaram ou estão enfrentando o tratamento de câncer. Também ajuda acompanhantes de familiares enfermos. É feito aconselhamento espiritual, psicológico, de informações sobre saúde, recursos públicos disponíveis, assistência social.

O “Amor que Cura” tem a missão de amenizar a dor e confortar o coração dessas pessoas. O projeto atua em Hospitais e casas de apoio em Belo Horizonte (MG). Um dos maiores desafios é conseguir um espaço para abrigar os pacientes que vêm do interior para fazer o tratamento.

Renata ajuda pessoas com câncer
Projeto Mãos que cura oferece apoio as pessoas que sofrem com câncer em MG. Foto: Comunicação/ Lagoinha

É gratificante orar pelos enfermos e eles serem curados. Transbordamos de alegria quando chegamos onde há escassez de comida e levamos alimentos, onde há ausência de amor e levamos Jesus, que é o verdadeiro amor!”, diz.

O motivo

“Eu sentia muita dor, tomava morfina mas a dor não passava. Era desesperador. Na verdade, eu queria saber o motivo de estar lá fazendo esse tratamento e entendi que era realmente para eu olhar para o próximo. Eu levo alimentos para os pacientes que não tem condições. Muitas famílias precisam de cestas básicas, caixa de leite, suplemento que é muito caro, para as crianças. Também levamos a Palavra. A gente faz evangelismo e doação de Bíblias no Hospital”, justificou.

Veja a entrevista de Renata ao programa “Sempre Feliz”

Colabore com o projeto

Telefones para informações e doações: (31) 3429-1300 ou (31) 9116-1599.