Igrejas mobilizam evangelismo durante Carnaval de Vitória  

Impacto evangelístico em Vitória
Nas duas noites de desfile das escolas de samba mais de 400 pessoas foram abordadas

Desde 2012, o impacto evangelístico “Alegria sem Folia” aborda os foliões no Sambão do Povo, em Vitória (ES), enquanto uma vigília é realizada dentro da igreja, situada no local. Neste ano, 398 pessoas aceitaram entrar no templo e 40 decidiram se converter.

Vigília, evangelismo, louvor, dança e conversões marcaram as duas noites de desfile das escolas de samba capixabas na última sexta-feira (02) e sábado (03). Situada em meio ao sambódromo, a igreja evangélica Assembleia de Deus Projeto Missionário Internacional, presidida pelo pastor João Carlos Siqueira, promove há sete anos o impacto evangelístico em parceria com outras igrejas.

Com mais de 200 voluntários, os foliões eram convidados a entrar no templo onde acontecia uma vigília durante os desfiles das escolas de samba. Colaboraram com a ação deste ano, os membros das igrejas Casa de Oração de Nova Palestina, Ministério Hebrom de Vila Velha, Batista Betesda Shalom, Ministério Girard de Campo Grande, Nova Vida de Goiabeiras, Missionária de Castelo Branco, Missão Serra, Batista Bethel Vila Velha, Missionária Shalon em Vitória, entre outras.

 

Cristiano Braga, coordenador

Cristiano Braga, um dos coordenadores do evento, disse que através do Alegria sem Folia muitas pessoas deixam de desfilar. “Elas se sentem tão tocadas que optam por ficar com a gente participando do culto. Nossa igreja tem um cantor, com CD gravado, que se converteu durante uma edição passada do Alegria sem Folia”, celebra.

Além das orações e do culto, os novos convertidos são cadastrados para que possam ser acompanhados por alguma igreja mais próxima de onde residem. “Todas as fichas que foram cadastradas são direcionadas para igrejas das cidades que eles moram. Não pregamos denominação no evento, apenas levamos o nome de Jesus Cristo a cada uma delas”, conclui o coordenador.

Parte dos voluntários do Alegria sem Folia
Palavra e louvor

A programação do templo durou pelo menos 5 horas em cada dia. Os foliões que aceitaram entrar na igreja puderam participar de um culto animado com dança, grupos de louvor e pregação da Palavra.

Willian Teixeira, Casa de Oração do Avivamento de Nova Palestina

Preletor da vigília, Willian Teixeira participou do Alegria sem Folia pela terceira vez. com a juventude e também com o ministério de louvor Imersão da Coanp (Casa de Oração do Avivamento de Nova Palestina). “Na ministração da Palavra, Deus me levou a falar sobre a responsabilidade da igreja de orar para que o reino de Deus venha sobre nós e se estabeleça”, explica Teixeira.

“A vontade de Dele nunca foi que existisse a prostituição, as drogas e os vícios que que são incentivados no Carnaval. A vontade de Deus é que o homem seja plenamente feliz. O homem possui um vazio dentro de si, que é do tamanho do próprio Deus, e só Ele pode preencher. Essa era a nossa função naquele lugar, mostrar para as pessoas que a alegria verdadeira, só encontramos quando deixamos Deus preencher o vazio do nosso ser”, conclui o ministro.

Confira a galeria

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!