Capixaba selecionada para programa de educação no EUA

Estudante capixaba Bruna Butke de Souza. Foto: Sedu

É o programa da National Youth Science Camp, que premia estudantes do ensino médio de vários países do mundo. 

A estudante Bruna Butke de Souza, de uma escola de Santa Teresa, interior do Estado, foi selecionada e vai embarcar para uma experiência educacional nos Estados Unidos. Será pelo Programa National Youth Science Camp (NYSCamp), da Embaixada Americana.

Estudantes de todo o Brasil participaram da seleção. Os escolhidos foram divulgados pela Embaixada Americana. Além da estudante do Espírito Santo, também foi escolhida uma aluna de São Paulo.

Essa é uma oportunidade que foi aberta para os estudantes matriculados no 2º ou 3º ano do Ensino Médio da rede estadual que possuem boas notas na área de Ciências e também fluência em inglês.

Para a estudante, a viagem será a realização de um sonho. “Será uma grande oportunidade para mim, que pretendo seguir carreira na área de Ciências Exatas. Vou poder conhecer mais sobre esse campo, por meio de experiências com profissionais, podendo aprimorar meu currículo escolar e futuramente, o meu currículo profissional. Além disso, vou aperfeiçoar meu inglês, conhecer outras pessoas e novas culturas. Estou muito feliz e animada”, contou.

O Programa

O National Youth Science Camp (NYSCamp) é um programa de educação científica que premia e desafia estudantes do Ensino Médio dos Estados Unidos e de vários outros países a explorar questões nas áreas das Ciências Biológicas; Física; Arte e Música, por meio de palestras, oficinas e outras vivências.

O NYSCamp será de 27 de junho ao dia 21 de julho, no estado da Virgínia Ocidental (West Virginia). Os estudantes poderão apresentar seminários em suas próprias áreas de interesse e pesquisa. E também terão a oportunidade de visitar algumas das principais instalações científicas, governamentais e culturais dos EUA, em Washington D.C.

Com informações do Governo do ES


Leia também

Brasileiros estão insatisfeitos com a educação, diz pesquisa
Educação brasileira melhora devagar, diz diretor do Banco Mundial

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!