Essência: o novo CD de Thalles Roberto

O lançamento do novo cd acontece na sexta-feira, 15 de dezembro

Thalles Roberto está de volta. Depois de quase 4 anos sem grava o cantor lança o CD Essência com composições inéditas.

Thalles Roberto conversou com a Comunhão e revelou detalhes do CD Essência, que será lançado na próxima sexta-feira, dia 15.

“Essência é um projeto completamente diferente de tudo que eu já gravei. Nesse momento Deus tem me levado a um tempo de maturidade muito grande. Eu fiquei quase 4 anos sem gravar nada inédito. O “Essência” é fruto de experiências muito fortes e fala muito do que nós passamos no dia-a-dia. Fala também como a presença de Deus nos envolve e nos transforma durante os processos. Eu sei que o objetivo de Deus é nos tornar como Ele. “Essência” é um disco puramente de experiências com Deus”, conta.

O novo álbum conta com 12 faixas, todas compostas por Thalles Roberto. “Deus tem me honrado muito. Nesse momento da minha vida eu tenho me dedicado a conhecer o desejo do coração de Deus para minha história. Tem uma canção nova que eu fiz que bem traduz isso. Quando a gente vive os nossos planos a gente acaba atrapalhando os propósitos de Deus”, declaro Thalles.

O novo disco foi gravado ao vivo no sítio do pai do cantor, no interior de Minas Gerais. Thalles conta que queria um lugar que ele estivesse mais próximo do que ele é e viveu em sua infância. “O projeto é um misto da grandeza do que o Senhor faz e a simplicidade das coisas de Deus. Eu espero que Deus aproveite ao máximo aquilo que ele me deu. Meu coração está entregue aquilo que Ele que fazer. Eu sou um instrumento nas mãos dele para ganhar vidas.

Thalles nasceu em uma família de músicos. Seus primeiros passos como cantor foi no coral do próprio pai. “Meu pai tinha um coral, e um dia o grupo ia cantar a música “Não Tardará”. No lançamento da música o irmão Jorge, que era o vocalista, não foi. Meu pai ficou desesperado, porque era essa música que todos queriam ouvir. Como eu tinha decorado a letra e sabia a música falei que eu podia cantar. Ele me deixou cantar e desde esse dia eu nunca mais parei.”