Comunhão entrevista William Douglas

Juiz federal, professor, escritor, conferencista, consultor e tantas outras funções fazem de William Douglas um nome conhecido pelo sucesso em concursos públicos e sua alta capacidade de falar em público.

Autor dos livros “A Última Carta do Tenente”, “Como Passar em Provas e Concursos”, “As 25 Leis Bíblicas do Sucesso”, ele aponta atitudes que podem contribuir para uma vida de êxito. Conta que escreveu por inspiração e diz que seu maior sonho é se tornar um bom pai, marido, professor, cristão e cidadão.

O senhor é conhecido por ter uma personalidade dinâmica e empreendedora. A que atribui isso?
Creio que é uma mistura das características herdadas com a necessidade e o desejo de mudar a realidade. Ao lado disso, gosto muito de tudo que faço, isso acaba me dando energia para fazer diversas atividades, passando esta impressão de dinamismo e empreendedorismo. Contudo, boa parte do que consigo é resultado de trabalhar com boas equipes, delegação e confiança, o que faz com que meus resultados sejam acima da média. Meu mérito é, em parte, acreditar e investir em pessoas, e os resultados externos são fruto tanto (ou mais) das minhas equipes do que meus próprios.

Como o senhor avalia a Justiça no Brasil?
Ela é muito melhor do que a média das pessoas acredita, e muito pior do que deveria ser. Apesar disso, estamos a caminho. Dos Três Poderes, é o mais eficiente e respeitado. Por outro lado, ainda tem muito a melhorar e é prejudicado pelos demais. Isto não quer dizer que não tenha suas falhas. Seja como for, os juízes, em sua média, trabalham bastante e são pouco valorizados.
Se a população e a sociedade como um todo reparar, os grandes avanços sociais do país foram capitaneados pelo Poder Judiciário. Isso passa pela proteção às companheiras, pela caderneta de poupança, pelo combate ao trabalho escravo, etc.

O senhor escreve em diversas áreas. Cite algumas de suas obras e a sua preferida.
Como os filhos, os livros são fruto de amor e de muito planejamento. São horas em claro, temos o medo de que não serão bem sucedidos, o orgulho quando conquistam respeito e sucesso em suas trajetórias. Me reservo o direito, no entanto, de falar sobre três livros que mudaram bastante a minha vida. A começar por “Como Passar em Provas e Concursos”, meu primeiro grande sucesso e livro que inaugurou a disciplina de preparação para concursos. Hoje, já há mais de 180 mil exemplares vendidos. Escrevi esse livro para ajudar as pessoas, para que elas não tivessem que sofrer tanto para ser aprovadas. Fiz isso por inspiração bíblica, já que a Palavra de Deus diz que devemos ajudar o próximo. E confirmando a lei bíblica da semeadura, essa atitude acabou me ajudando, pois o livro se tornou um best-seller. Algum tempo depois, me aventurei na ficção e redigi “A Última Carta do Tenente”, que me rendeu muitas alegrias e no qual consigo expressar algumas das angústias que passamos em nosso percurso de vida. O mais recente é o “As 25 Leis Bíblicas do Sucesso”, um livro que reúne ideias de empreendedorismo dos bastiões do tema no mundo embasados pela ideia contida na Bíblia, um livro milenar.

Concurso público é uma área em que o senhor se destacou realizando palestras? Já fez muitos concursos?
Sim, depois de ser reprovado em vários, e não desistir, mas buscar nas derrotas as informações sobre onde eu deveria me aperfeiçoar, tive alguns sucessos: 1º colocado para juiz de Direito no Rio de Janeiro; 1º colocado para defensor Público/RJ; 1º colocado para delegado de polícia/RJ; 4º colocado para professor de Direito na UFF; 5º colocado para analista judiciário/TRF da 2ª Região; 8º colocado para juiz federal; 1º colocado no CPOR/RJ; e 1º colocado no vestibular para Direito na UFF.

Em seu livro “Os 10 Mandamentos Para Uma Vida Melhor”, o que o senhor pretende mostrar, uma vez que o pensamento comum é de que não existem regras iguais para todos?
Os “10 Mandamentos”, que será publicado agora pela editora Mundo Cristão, é uma obra que fala sobre como os 10 mandamentos são atuais e se aplicam para todas as instâncias da vida de alguém que deseje tranquilidade e qualidade de vida. A maior parte das pessoas tem a visão dos mandamentos como um conjunto de obrigações que regulam e punem, mas que não trazem efeitos positivos, quando na verdade é justamente o contrário. São obrigações, mas trazem resultados positivos não apenas no campo espiritual, mas no campo prático.
Como um garoto ou uma garota de 14 anos deveria traçar sua vida, para alcançar no futuro uma carreira consolidada como a senhor?
Aos 14 anos é realmente difícil definir o que vai se fazer por toda a vida, mas é possível pensar no que se deseja e ir buscar essa coisa. No caminho, a pessoa irá descobrindo muitas novidades e poderá ir ajustando seus planos. Uma das qualidades para ser feliz e bem sucedido é não ficar parado e outra é ter flexibilidade. Ser flexível, para encarar as dificuldades, para contornar obstáculos e, claro, para redefinir os rumos. Traçar uma carreira brilhante envolve muito esforço e dedicação, estudo e uma boa dose de atenção com sua formação. Eu começaria com muito estudo e com um sonho a ser perseguido. Será um ótimo começo.

Como avalia o mercado de trabalho no Brasil? E quais as profissões que deverão estar em alta no futuro?
Na iniciativa privada, estamos tendo que “importar” gente qualificada e, na área pública, novos concursos são abertos todos os dias. Em todos os lugares, temos visto um aumento de procura para áreas especializadas e mesmo a iniciativa privada tem acompanhado a estabilidade econômica e prosperado. Portanto, as previsões do mercado são bastante positivas e tendem a melhorar. Acredito que as profissões mais especializadas na área de petróleo e gás, por exemplo, construção civil etc. Tudo que seja de base para a formação da economia, mas também a prestação de serviços tende a se expandir e se especializar. Mas ninguém duvide que em toda e qualquer área sempre haverá uma situação de “alta” para quem for muito bom naquilo que faz. Por exemplo, sempre haverá um espaço enorme para um bom chef, um bom carpinteiro, um bom administrador. Na verdade, a demanda é muito mais fruto da competência pessoal do que do mercado. Um mercado em alta não resolve o problema de alguém incapaz, mas um mercado em crise não deixa de contratar um bom profissional. Aliás, quanto maior a crise, maior a importância dos bons profissionais. Quando falo em ser bom profissional, não me refiro apenas à competência, mas também de capacidades como integridade, relacionamentos e liderança. O que faz um profissional de alto nível é um conjunto de qualidades, e não apenas uma ou outra isoladamente.

Qual seria o segredo para ter sucesso rápido?
Não existe sucesso rápido. E se houver algum sucesso aparentemente rápido, das duas uma: ou vamos descobrir que a pessoa já vinha trabalhando por seu sucesso de forma anônima e há muito tempo, ou será um sucesso com a tendência a passar rapidamente também. A Bíblia diz que aquele que se apressa não ficará impune, e creio que ela está 100% certa: sucesso rápido é raro e perigoso. O mercado e a vida punem quem não respeita os tempos e as estações. Por sinal, um dos principais segredos para ter sucesso é não ter pressa. Na verdade, a pressa é um dos principais erros daqueles que pretendem ter sucesso em qualquer empreendimento. Quando se trata de construir uma carreira ou um negócio vitoriosos, não adianta ter pressa nem ilusões. O sucesso demora, dói e dá trabalho. Por outro lado, você pode ter certeza de uma coisa: dói menos e demora menos do que não ter sucesso, do que desistir, do que não ter sonhos nem planos e ficar à margem da vida. É preciso ter em mente que, não importa o tempo que demore, quanto mais cedo você começar, mais cedo chegará lá. O processo é doloroso, mas é assim que funciona. Perguntar a opinião das pessoas, dar a elas liberdade e segurança para falar a verdade e ouvir críticas ao seu desempenho profissional exige muita coragem e disposição, e poucos fazem isso com sinceridade.

O senhor lançou o livro a “Receita de Jesus para uma Vida Mais Feliz”. Defina felicidade e suas experiências com Deus.
Cresci em lar cristão, fui apresentado desde cedo a Jesus. Na adolescência, busquei uma experiência pessoal com Deus, e Ele teve misericórdia de mim e me respondeu. Não o fez do jeito que eu queria, nem no tempo que eu queria, mas do jeito e no tempo dEle, as coisas foram se encaixando. Até hoje tenho meus dilemas e desafios espirituais, mas Deus já falou comigo tantas vezes, e fez tantos milagres, que não diria que tenho fé nEle, diria que sou uma testemunha de que Ele existe, está vivo, se importa e se comunica conosco. Esse livro foi em coautoria, com cada um dos coautores comen-tando uma das bem-aventuranças, vez que “bem-aventurado” pode ser traduzido também como “feliz”. Para mim, felicidade é o resultado de você estar em paz com Deus, com você e – na medida do possível – com as pessoas ao seu redor.

Como consegue reunir tantas funções e atividades e ainda encontrar tempo para vida pessoal e religiosa?
Não é fácil, sem dúvida. Costumo falar isso em meus vídeos e palestras: reúno as atribuições de juiz, professor, escritor, conselheiro na editora Impetus, pai e marido e às vezes parece que não há tempo para nada. Meu pai, em sua sabedoria, sempre me falou que “tempo não se tem, tempo se faz” e aprendi isso ao longo da minha preparação para os concursos com a montagem do quadro horário que é o que me ajuda, até hoje, a administrar as inúmeras atribuições. E, mais ainda do que isso, o que disse acima: ter equipes competentes, motivadas e treinadas. Acho que o mais importante é dedicar-se à atividade que se está realizando sem pensar no que deveria estar fazendo ou no que poderia estar fazendo. Quando estou na Justiça, meu foco está lá; quando com a família, minha atenção é voltada a ela e assim por diante.

Poderia narrar algo sobre sua experiência com Deus que tenha sido marcante, talvez o seu chamado, sua vocação?
Deus nos legou a Bíblia, sua Palavra. Foi muito difícil que ele chegasse até nós, mas ela está aí, todos os dias, à nossa disposição, com a mais variada e completa lista de orientações, conselhos e estratégias para nossa vida melhorar. Ela cuida de nossa relação com Deus, com a família, cuida de nossa carreira etc. Em suma, é um livro perfeito e maravilhoso que pode nos ensinar sobre tudo o que é relevante. Quando se falam em experiências marcantes, a tendência é pensarmos nos milagres e /ou nos momentos de maior iluminação, e já vivi muitos momentos assim, mas gostaria de frisar que no dia a dia, na rotina, no cotidiano, temos algo extremamente miraculoso para nos acompanhar, que é a Bíblia. Recomendo a leitura dela a quem desejar mudanças boas, sucesso e felicidade.

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!