Dica de Leitura – Clássicos da Reforma: Uma Coletânea de Escritos

Martinho Lutero foi um monge e professor de teologia, uma das figuras centrais da Reforma Protestante

Livro “Clássicos da Reforma: Uma Coletânea de Escritos – Martinho Lutero (Vida Nova)

Nos 500 anos da Reforma, esse volume especial traz traduzidos dos originais alemães e latinos, 13 obras do Reformador Martinho Lutero, que são importantíssimas não apenas na Reforma Protestante do século 16, mas na história do pensamento cristão.

Confira os títulos:
  • 95 teses sobre as indulgências (1517)
  • 97 teses sobre a teologia escolástica (1517)
  • Um sermão sobre as indulgências e a graça (1518)
  • À nobreza cristã da nação alemã acerca da reforma do Estado cristão (1520)
  • Do cativeiro babilônico da igreja (1520)
  • Da liberdade do cristão (1520)
  • Da autoridade secular: até que ponto lhe devemos obediência (1523)
  • Catecismo menor (1529)
  • Catecismo maior (1529)
  • Os artigos de Esmalcalde (1537)
  • Introdução a Romanos (1552)
  • Sermão sobre as duas espécies de justiça (?)
  • Controvérsia de Heidelberg (1518)
500 anos da Reforma

A luta do alemão Martinho Lutero foi fundamental para que hoje todos tivessem acesso à leitura da Bíblia, sem a necessidade de intermediários. Lutero traduziu textos bíblico para o alemão, e com a invenção da impressa por Johannes Gutenberg abriu-se a oportunidade de maior disponibilização da Bíblia.

Essa possibilidade levou muitas pessoas a buscarem a alfabetização, o que transformou o panorama da Europa e, na sequência, do mundo. E essa boa-nova chegou até nós por meio dessas mudanças.


Leia um trecho do livro aqui.