Incêndio em SP – “Tudo destruído”, diz pastor

Parte da Igreja foi destruída pelo incêndio. Foto: Paulo Lopes/Futura Press

A declaração é do pastor da Igreja Luterana, que teve 80% de seu templo destruído com o incêndio em um prédio de 24 andares em São Paulo.

A Igreja Luterana é história na capital paulista. Foi construída em 1908, é considerada a primeira igreja evangélica da cidade. O imóvel é patrimônio histórico tombado e há dois anos teve a parte interna reformada. No desabamento de um prédio de 24 andares na madrugada desta terça-feira (1º), 80% dela foi destruída.

“A situação é dramática, tanto pela questão humana, porque ainda não temos ideia de possíveis vítimas, como para a nossa igreja, porque foi tudo destruído. Todo o telhado da igreja foi comprometido, o forro de madeira original de 1908, a parede direita com vitrais que foram confeccionados por um dos maiores vitralistas do Brasil. Foram preciosidades artísticas que se perderam”, declarou o pastor Frederico Carlos à Agência Brasil .

A instituição religiosa é a primeira igreja evangélica da capital paulista. E também o primeiro templo em estilo neogótico. “Praticamente sobrou o altar e a torre da igreja. Uma parte da história de São Paulo se foi”, disse o pastor ao G1.

O pastor disse que estava no local desde quando começou o fogo. Ele lamentou que a igreja também tenha sido atingida. “Eu vi aquele prédio cair. O maior problema é a vida, são as pessoas. Uma tragédia anunciada, sempre se falava do risco que corria esse prédio. Espero que Deus mostre um caminho no meio da tragédia”, concluiu.

Desabamento

O prédio de 24 andares desabou após pegar fogo nas proximidades do Largo do Paissandu, centro de São Paulo. Foi na madrugada desta terça-feira, dia 1º de maio. O edifício, que já foi sede da Polícia Federal e pertence à União. Segundo a Prefeitura da capital, o local estava ocupado por cerca de 150 famílias de um movimento de moradia. Foram 13 segundos para que o prédio fosse ao chão.

Um homem, que estava sendo resgatado pelos bombeiros quando as estruturas caíram, está desaparecido. Inicialmente, ele foi dado como morto, mas durante a tarde as  autoridades não confirmavam a informação.


Com informações da Agência Brasil e G1

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!