“As crônicas de Nárnia” na Netflix

Foto Divulgação

Plataforma on-line compra os direitos para desenvolver séries e filmes sobre a saga, que tem uma mensagem cristã através de alegorias.

A Netflix anunciou que vai produzir uma nova versão de As Crônicas de Nárnia com novos filmes e um seriado baseado na obra de C.S. Lewis. A empresa de streaming fechou nesta quarta-feira (3) um contrato para adaptar várias obras do autor de livros de fantasia.

O CEO da Netflix, Ted Sarandos, diz que os livros de Lewis “ressonaram com várias gerações pelo mundo” e por isso a Netflix decidiu investir pesado na obra.

Ao todo, os livros das Crônicas de Nárnia já venderam mais de 100 milhões de cópias e estão disponíveis em pelo menos 47 idiomas. As histórias, com forte apelo aos valores cristãos, já foram adaptadas para o cinema pela Disney.

“O Leão, A Feiticeira e Guarda-Roupa” (2005), “Príncipe Caspian” (2008) e “A Viagem do Peregrino da Alvorada” (2010), juntos arrecadaram mais de US$ 1,5 bilhão em todo o mundo .

História

“As Crônicas de Nárnia” é uma série de sete livros de fantasia, escritos por C. S. Lewis entre 1949 e 1954. Seu ator era professor universitário e teólogo. Escreveu dezenas de obras sobre apologética cristã, poesias, além de uma trilogia de ficção científica. Nos textos da série há uma alusão a mensagem cristã. Esse elemento acabou minimizado nas adaptações cinematográficas feitas até agora.

O leão Aslan, por exemplo, era uma alegoria para Jesus. Ele aparece em todas as histórias como um conselheiro. Em dos diálogos mais conhecidos, a menina Lúcia aponta para a narrativa do Novo Testamento: “No nosso mundo também já aconteceu uma vez que, dentro de uma certo estábulo, havia uma coisa que era muito maior que o nosso mundo inteiro”.

Confira o trecho de um dos episódios

*Com informações de El país


Leia mais

Netflix terá mais opções de filmes cristãos
Nada a perder já está na Netflix
Netflix prepara série sobre a adolescência de Jesus

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!