Após 1 ano e meio na prisão cristão é libertado na Argélia

Foto: Reprodução Web

Slimane Bouhafs foi preso após postar nas redes sociais uma mensagem contra o islamismo.

O cristão é ex-muçulmano, que se converteu à fé cristã. Slimane foi preso por um ano e meio por ter insultado o islamismo e seu profeta Maomé. Ao jornal argelino El Watan, ele relatou que passou por coisas horríveis na prisão. E agradeceu as pessoas que enviaram cartas de apoio.

“Estou muito alegre por estar de volta à minha família, que sofreu muito. Eu enfrentei uma terrível injustiça, eu não ofendi ninguém, não matei ninguém. Eu fui privado da minha liberdade injustamente”.

Prisão

Bouhafs foi preso em 31 de julho de 2016. Ele postou nas redes sociais uma mensagem sobre a luz de Jesus, desfazendo a “mentira” do islamismo e seu profeta. E também publicou fotos mostrando um civil sendo executado por extremistas islâmicos.

Por conta disso foi condenado por insultar o islã, a religião do estado na Argélia. A pena para esse tipo de ofensa é de três a cinco anos de prisão. Além de uma multa de alto valor. Inicialmente, o cristão havia recebido uma pena de cinco anos, que depois foi reduzida.

Bouhafs relatou que foi agredido na prisão por conta de sua fé cristã. E chegou a ser enviado a três penitenciárias diferentes. Também teve problemas de saúde relacionados a reumatismo, que piora em situações de stress e requer uma dieta especial.

Com informações da Missão Portas Abertas

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!