A linguagem jovem de Chad Daniel

“Eu sempre estive envolvido na mídia e desde a minha infância eu estava ciente do poder que os meios de comunicação têm para contar uma história”

Um evangelista diferenciado, especialista em alcançar o coração da juventude com a Palavra de Deus. Este é o americano Chad Daniel, CEO (chief executive officer, diretor executivo) da Expeditors Global, uma organização sem fins lucrativos criada para auxiliar e capacitar missionários e líderes em todo o mundo. Em mais de duas décadas de atuação, Chad tem viajado pelo mundo e já visitou 91 países, sempre falando sobre Cristo para centenas de milhares de jovens e idosos que foram impactados pelo Evangelho. Editor de televisão e fotógrafo, ainda documentou inúmeras ações do poder da Palavra em mais de 60 nações. Sempre lançando mão de bom humor, ele ficou conhecido como “o missionário da cobra”, por utilizar uma grande serpente em suas ministrações. Além de séries de treinamento e discipulado, apresenta o programa de televisão Youthbyte (Jovem Bytes), que é acompanhado por uma imensa audiência em todo planeta. Casado e pai de dois filhos, Chad mora no sul da Califórnia (EUA), mas passou no mês de junho pelo Brasil, onde realizou uma turnê por Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo. Na turnê, promovida pela Graça Filmes (distribuidora da série Jovem Bytes no Brasil através de DVDs), o evangelista falou sobre como métodos criativos e bem humorados podem orientar a juventude e conduzi-la aos caminhos de Deus.

Como e quando Deus entrou em sua vida?
Eu tinha aproximadamente 15 anos e estava em um acampamento. Era uma igreja presbiteriana e tenho que confessar que eu fui só para ver as meninas. Mas Deus tinha planos diferentes para a minha vida.

Como sua vida como evangelista teve início? E como decidiu criar um ministério voltado para os jovens?
Foi a escolha de Deus para mim. Eu nunca escolhi estar em um ministério, Ele me escolheu. Eu sempre trabalhei com adolescentes, mas meu coração é para todas as pessoas: crianças, jovens e idosos. Eu decidi usar o que Deus colocou em minha mão e deixá-lo usar isto para a sua glória.

Há alguma passagem ou livro em especial da Bíblia que tenha influenciado a forma com que você evangeliza? E você gosta de utilizar esses trechos em suas pregações?
Zacarias 4:6- “Esta é a Palavra do Senhor para Zorobabel: ‘Não por força nem por violência, mas pelo meu Espírito’, diz o Senhor dos Exércitos”. E também Atos 10:38- “como Deus ungiu Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e poder, e como ele andou por toda parte fazendo o bem e curando todos os oprimidos pelo Diabo, porque Deus estava com ele”. Você vai sempre ouvir estes versos quando prego. Sem o poder de Deus não podemos fazer nada e é só Jesus que pode libertar uma geração para servi-lo.

Editor de televisão, cinegrafista e fotógrafo, você utiliza modernas ferramentas para falar para a língua da juventude. Quando percebeu que desta forma poderia levar seu ministério a ser conhecido em tantos países?
Eu sempre estive envolvido na mídia e desde a minha infância eu estava ciente do poder que os meios de comunicação têm para contar uma história. É uma progressão natural para mim, usar essas ferramentas na pregação do Evangelho. Como os nossos programas estão em 14 idiomas e também na TV, somos capazes de atingir milhões de pessoas todos os dias, 24 horas por dia, Isso me ajuda a trabalhar melhor e não em mais quantidade.

Ficou conhecido como “homem da cobra”, pelos métodos extravagantes de falar de assuntos como pecado e a temor a Deus. Como surgiram essas idéias e no seu ponto de vista, quais os resultados a partir delas quando se fala em evangelização?
Eu sempre disse que, quando você ouve e vê algo, o impacto é dobrado. Qualquer bom professor, assim como Jesus, usa exemplos do nosso mundo, Jesus usou os animais e é isso o que eu faço. O dom que temos é sempre melhor quando podemos usar exemplos para ajudar os ouvintes a lembrar a mensagem. O exemplo da cobra parece funcionar porque as pessoas vão sempre lembrar exatamente disso que você falou.

Os episódios do programa Youthbyte são transmitidos por mais de mil emissoras ao redor do mundo. Como é falar (e ser compreendido) para públicos tão variados?
As mensagens sobre Jesus que usamos são universais. Elas são atemporais e, uma vez que são todas baseadas na Palavra de Deus, podem ser entendidas por todas as culturas. E é exatamente como se diz “A verdade é a verdade em qualquer língua”. Dos Estados Unidos até a China, a Palavra de Deus é facilmente compreensível, pois é Seu espírito e vida. Nós apenas ajudamos a manter a atenção dos ouvintes.

A série faz analogias com o cotidiano da juventude, e de uma forma bem humorada. Para você, essa é a melhor forma de chegar ao coração dos jovens?
Todo mundo no fundo é um adolescente em seu coração. Todos gostam de rir, celebrar e desfrutar a vida. Os jovens não são enganados facilmente e eles podem dizer imediatamente quando você é sincero ou não. Para alcançar os adolescentes você tem de ser transparente, honesto e sincero. Estas são as chaves para desbloquear e alcançar os corações de uma geração.

Lançado no Brasil através de DVDs da Graça Filmes, o programa é utilizado sobretudo por ministros e pastores no trabalho de evangelização com jovens. Como é para você saber que seu trabalho se tornou uma ferramenta para conversão?
Nós trabalhamos para sermos precursores, um grupo capaz de fazer coisas inovadoras e edificantes. Youthbytes é uma daquelas ideias prontas que tem causado uma polêmica boa e muita reflexão.

Já tendo viajado para quase 100 países e falando para pessoas de culturas diferentes, o que pode falar sobre os anseios dos jovens e a aceitação da Palavra? O evangelismo que funciona em alguns lugares precisa ser adaptado para ser eficaz em outros?
O Espírito de Deus é o mesmo em todo o mundo, especialmente no que se refere às pessoas. É claro que temos que mudar alguns exemplos, mas a verdade é uma só. Eu sempre vi Jesus tocar e entregar aqueles que respondem com fé. Deus não faz acepção de pessoas e está sempre disposto a fazer o bem a todos que respondam com fé no coração. Se você é do Brasil ou de Moscou, na Rússia, você tem um fator em comum: você é humano e é exatamente quem Jesus veio para salvar e libertar.

Quais as suas expectativas da turnê no Brasil? Quais assuntos pretende abordar nos diferentes estados?
Eu sempre tenho dois objetivos principais quando venho ao Brasil: em primeiro lugar, desejo que pessoas de todas as idades, jovens e idosos, venham a conhecer Jesus de uma forma mais profunda. E em segundo, que a ferramenta Jovem Bytes seja usada por igrejas que querem fazer adolescentes discípulos. Devemos fazer tudo o que podemos, tudo o que estiver ao nosso alcance, para ajudar as igrejas a treinar e desenvolver líderes para a colheita.

Qual mensagem gostaria de passar aos líderes brasileiros? Como ser eficaz ao lidar com a juventude?
Você deve ser honesto, sincero, transparente e ungido. Devemos sempre ter em mente que Deus não está usando anjos para alcançar uma geração. Ele está usando pessoas. Coloque seu coração para obedecer a Deus e em seguida comece a trabalhar. A missão já foi dada, o tempo é muito curto e devemos fazer tudo o que pudermos para evangelizar e fazer discípulos.

Quais os próximos desafios para Chad Daniel e seu ministério?
Eu tenho tanta coisa que eu quero fazer, mas pouco tempo para fazê-las. Peço que Deus nos dê mais graça, força e aumente a nossa visão para alcançar o mundo. Vemos muitas mudanças na mídia e avanços tecnológicos acontecendo e todos nós devemos mudar para acompanhar esses fenômenos. Usando, claro, essas ferramentas para comunicar a mensagem de Jesus.

Compartilhe

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!