Jovem cristão é ameaçado de morte no Paquistão

Foto ilustrativa

A Igreja Brasileira é convocada a orar pelo jovem. O pedido é da Missão em Apoio a Igreja Sofredora (MAIS).

Por motivo de segurança o jovem não pode ser identificado. Mas está sendo chamado de “irmão A”. Ele e seu filho de apenas 10 anos estão sendo ameaçados de morte no Paquistão após se converter ao Evangelho.

Segundo a Missão de Apoio a Igreja Sofredora, o homem precisou sair do país por estar sendo perseguido por extremistas. Mas sua família ficou. O filho foi sequestrado no último fim de semana e a esposa internada em estado de choque. Agora, ele pretende voltar ao Paquistão para resgatar sua família.

“Sabemos de todas as implicações deste retorno e dos riscos que este passo oferece. Porém, sabemos também que ele está determinado a voltar por causa de sua família!
Tudo isso se dá pela sua decisão de se manter firme ao lado de Jesus! Ele está voltando por sua família e quer correr os riscos por ter convicção de que Deus não perde o controle da situação!”, declarou o pastor Luiz Renato Maia, diretor da Missão MAIS.

Clamor de oração

A Agência missionária brasileira faz um clamor para as igrejas do país com oração. O pedido foi publicado no site da MAIS.

“Queremos convocar os irmãos a levantarmos um grande clamor aos céus. Precisamos urgentemente de um milagre. Recebemos um irmão de um país onde existe perseguição religiosa como refugiado. A Palavra nos ensina que quando uma parte deste corpo sofre todos nós sofremos (I Cor 12:26). Junte-se comigo e com outros intercessores espalhados por todo o mundo. Cinco minutos podem fazer a diferença. E a hora é agora! Temos fé que em breve teremos boas notícias. Una-se a esta causa! Juntos Pela Igreja Sofredora”.

O pastor Tiago Candonga, da Igreja Presbiteriana de Limeira, SP participou de um retiro espiritual durante o carnaval e recebeu um comunicado da Missão. Ele gravou um vídeo pedindo um clamor para as Igrejas evangélicas brasileiras.

Veja o vídeo:


Pedido de oração

• Segurança de um menino de apenas 10 anos nas mãos de extremistas.
• Segurança na volta do irmão A neste retorno e no enfrentamento desta dura situação com todos os desdobramentos em sua chegada.
• Pela saúde de sua esposa que está em choque diante deste momento e pelos demais filhos.
• Pelo fechamento desta história com todos em segurança e com a oportunidade de um recomeço.

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!