Trump revela otimismo para cúpula com líder norte-coreano

Sósias dos líderes demonstrando expectativa para a cúpula. Foto: Reprodução

Os olhares do mundo inteiro estão voltados para Singapura, onde acontece a cimeira entre o presidente dos EUA, e Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte. Os países são inimigos há 65 anos

A Cimeira Trump-Kim está oficialmente marcada para acontecer oficialmente nesta terça-feira (12), noite de segunda-feira (11), no horário de Brasília. Kim e Trump já estão na cidade-Estado desde o domingo (10), na qual participariam da primeira reunião presencial da história entre os líderes dos dois países que são inimigos desde a Guerra da Coreia entre 1950 e 1953.

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, disse em nota que a reunião foi “substancial e detalhada”. Depois, por meio de entrevista coletiva, ele ressaltou que as conversas “avançam rapidamente”.

EXPECTATIVA

A Casa Branca espera que a cúpula dê início a um processo que leve Kim a desistir das armas nucleares. Segundo o secretário de Defesa dos EUA, Jim Mattis, a Coreia do Norte só poderia ter um alívio das garras das sanções da ONU, caso tomem medidas neste sentido.

Trump e Kim tiveram um relacionamento de altos e baixos nos últimos meses, com trocas de insultos e ameaças de guerra. Quando uma abrupta mudança levou-os a avançar para uma reunião face-a-face. Apesar da expectativa, os EUA não esperam obter um acordo final em Singapura. O presidente Trump descreveu-o como uma “situação para se conhecer” e disse: “Vai ser um processo”.

O chefe americano chegou a sinalizar que eles poderiam assinar um acordo para terminar formalmente a Guerra da Coreia, que terminou em uma trégua em 1953. Fazer isso provavelmente seria “a parte fácil”, disse ele. O presidente dos EUA também declarou que, se ele achar que as coisas estiverem indo mal, ele sairá da reunião, mas se as coisas correrem bem, Kim poderia receber um convite para a Casa Branca.

Com informações da BBC News.


Leia mais

Encontro das Coreias – Uma nova história de união e paz
Coreia do Norte ameaça retroceder em acordo
Trump manda recado de paz à Coreia do Norte
EUA cancela encontro com a Coreia do Norte

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!