Google é condenado a tirar do ar blog que ironiza Igreja Universal

O processo da igreja é contra o aigrejauniversal.blogspot.com.br, que utilizava imagens da entidade para criticá-la

O desembargador Teixeira Leite entendeu que utilizar, sem autorização, a marca de uma instituição para criticá-la fere o direito de propriedade

Assim, o Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu liminar à Igreja Universal do Reino de Deus para que o Google retire do ar um blog hospedado em sua plataforma.

O processo da igreja é contra o aigrejauniversal.blogspot.com.br, que utilizava imagens da entidade para criticá-la. A página divulgava textos de cunho religioso, críticas e denúncias sobre a entidade. Para Teixeira Leite, isso fere os direitos protegidos pela Lei de Propriedade Industrial.

“O perigo de dano está presente na medida em que a manutenção do blog na plataforma Blogspot (ou Blogger), oferecida pela agravada, associado à marca da agravante, pode resultar em danos à sua imagem de difícil reparação econômica. Há, ainda, evidente possibilidade de confusão ou erro para quem pretende acessar a página eletrônica da agravante e, em busca, encontra o endereço do blog mantido na plataforma da agravada”, disse o desembargador.

O julgador ainda afirmou que trata-se de um bloqueio temporário e que, se a Igreja Universal perder a ação quando o mérito for julgado, o blog pode voltar a ser acessado sem que tenha tido um prejuízo irrecuperável.


Leia também

Igreja Universal construirá templos em todos os presídios do Rio de Janeiro

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!