O batismo nas águas é indispensável à salvação?

Pergunta anônima

Batismo nas águas, segundo as escrituras, é uma ordenança do Senhor Jesus: “Portanto, ide e fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo (Mt 28.19).

Esse ato público, efetuado por um ministro do evangelho, é por imersão total do corpo e foi inicialmente realizado pelos apóstolos, seguido pelas igrejas estabelecidas, conforme as varias citações no livro de Atos.

Configura-se, também, como um testemunho público da salvação, quando o batizando, consciente e espontaneamente, se candidata ao batismo (At 8.35-38). Portanto, ser batizado nas águas significa que o convertido tem certeza da salvação, obedece as Escrituras e se propõe a viver como alguém nascido de novo, conforme pronunciado por Jesus Cristo (Jo 3.3-5), tornando-se membro na igreja onde foi batizado.

Ninguém que testifica ter aceitado a Jesus como Salvador, pode ou deve se abster do batismo nas águas.

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!