“Batismo de Sangue” mostra tortura e morte de cristãos

Foto: Divulgação

Filme mostra a perseguição da Ditadura dentro da Cristandade.

O filme brasileiro foi lançado em 2007 e é um dos sucessos do cinema nacional. “Batismo de Sangue” traz um retrato contundente da violência, do abuso e do sadismo dos militares durante a Ditadura.

É baseado no livro de Frei Betto (que é vivido pelo ator Daniel de Oliveira). O filme recupera passagens da luta contra a ditadura que muitos hoje desconhecem e que apontam para o importante papel que setores da Igreja exerceram neste sentido.

“Batismo de Sangue” fala sobre o envolvimento dos dominicanos com os jovens revolucionários brasileiros e como isto assustava os militares em função do respeito que estes religiosos inspiravam nos fiéis. Além disso, retrata os porões da ditadura de maneira fiel.

Sinopse

São Paulo, fim dos anos 60. O convento dos frades dominicanos torna-se uma trincheira de resistência à ditadura militar que governa o Brasil. Movidos por ideais cristãos, os freis Tito (Caio Blat), Betto (Daniel de Oliveira), Oswaldo (Ângelo Antônio), Fernando (Léo Quintão) e Ivo (Odilon Esteves) passam a apoiar o grupo guerrilheiro Ação Libertadora Nacional, comandado por Carlos Marighella (Marku Ribas). Eles logo passam a ser vigiados pela polícia e posteriormente são presos, passando por terríveis torturas.

Confira o trailer

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!