Ator de “Deus não está morto” é barrado em evento no EUA

vários atores sofrem perseguição por conta de sua fé
Ator é conhecido por interpretar um Pastor em "Deus não está morto". (Foto: Michael Bezjian)

O ator Kevin Sorbo foi banido de uma convenção Comic Con, no EUA. O motivo é porque ele é cristão e conservador.

“Eu recusei a participação de Kevin Sorbo no East Coast Comic Con. Ele é amigo de Sean Hannity. Eu simplesmente não posso fazer isso”, disse Cliff Galbraith, promotor do evento. A justificativa do promotor não convidar o ator foi postada pelas redes sociais.

A publicação de Galbraith  motivou outros progressistas que o seguem a sugerir que o boicote da East Coast Comic Con se estendesse também a outros artistas de orientação política conservadora. Nomes como Clint Eastwood, Mel Gibson, James Wood, Jon Voight e Chuck Norris foram citados.

Já outras pessoas, no entanto, criticou a decisão de Galbraith. O próprio Kevin Sorbo reconheceu anteriormente que há uma clara tendência para os cristãos conservadores em Hollywood. “Há uma negatividade para os cristãos em Hollywood. E uma negatividade para pessoas que acreditam em Deus”, disse ele em 2013.

Kevin Sorbo

O ator ficou conhecido nos anos de 1990, quando interpretou Hércules na série “Hércules: A Lendária Jornada”. Mais recentemente, teve seu nome popularizado entre os cristãos por interpretar o ateu que se converte ao Evangelho no filme “Deus não está morto”. Ele teria sido candidato a East Coast Comic Con devido ao seu papel como Hércules na série.

Comic Con

A Comic Con se tornou um evento global, com edições em várias cidades nos Estados Unidos e em outros países, incluindo o Brasil. A feira reúne artistas ligados aos diversos tipos de entretenimento. São realizados fóruns de debate sobre cinema, quadrinhos, séries de TV e literatura.

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!