Bélgica – Atirador estava em liberdade provisória

Foto: Reprodução Web

O ataque foi no centro da cidade de Liège e deixou três pessoas mortas e outras quatro feridas

Segundo a polícia da Bélgica o responsável pelo ataque era belga, 36 anos e estava em liberdade condicional por tráfico de drogas. Há relatos que ele gritou “Alá é grande” antes de atirar. O tiroteio foi por volta das 10h30 de hoje (29) em Bruxelas (5h30 de Brasília). Foi na avenida central de d’Avroy, em Liège.

Dois policiais e um passageiro de um carro são as vítimas do tiroteio. Segundo a Procuradoria pública, o atirador se lançou sobre as policiais por trás com uma faca. Depois de golpeá-las, tomou uma de suas armas de fogo e matou os dois. Depois seguiu pela rua e baleou fatalmente um homem de 22 anos que estava no banco do passageiro de um carro estacionado. Depois, foi até uma escola, fez uma funcionária de refém e desencadeou uma intervenção da polícia

Liège é a maior cidade da região da Valônia, de língua francesa, na Bélgica. A Procuradoria Federal belga acredita que o ataque seja terrorista. “Existem elementos que vão na direção de um atentado terrorista”, afirmou o porta-voz do entidade, Eric Van Der Sypt, porta voz da entidade. Esse não foi o primeiro ataque dessa natureza no país.

Nos últimos anos, a Bélgica sofreu uma série de ataques terroristas, principalmente por parte dos recrutas do Daesh. Um grupo terrorista Takfiri que recrutas jovens para que atuem no Iraque e na Síria.


Leia mais

Bélgica – Católicos invadem catedral para impedir culto de protestantes

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!