“Não é Palco, é Altar” sai pela Ágape

Não é palco é altar

O autor Mano Reco apresenta a forma como conseguiu deixar a vida do álcool, das drogas e da fama. 

A obra apresenta uma saída para os que querem mudança, mesmo para aqueles a quem o mundo não oferece muitas opções. Ele (o autor) era só mais um número nas estatísticas, só mais um jovem da periferia sem muitos recursos. Seu lema era “Quem não é visto, não é lembrado”. E Reco fez de tudo para aparecer.

Conseguiu dinheiro, fama, poder, mulheres, carros e como destino voltar a ser um número, mas desta vez mais um número de matrícula para o sistema penitenciário, um peso morto para a sociedade. Denison estava morto, mas não só para a sociedade.

Com essa história é possível perceber que um caixão, ainda que seja todo cravejado de diamantes, continua tendo um morto dentro dele.

Nesta publicação, Mano Reco pretende mostrar que não é mais o “monstro” que ele foi um dia e que existe uma saída para os que querem mudança.

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!