Teólogo e físico Adauto Lourenço fala sobre ciência

“É estranho um físico que não lê a Bíblia, assim como é estranho um pastor que não estuda Ciências”

Mestre em Física pela Clemson University, nos EUA, matemático e teólogo, Adauto J. B. Lourenço, 53 anos, mora em São Paulo, onde congrega na Igreja Presbiteriana Central de Limeira. É casado com Sueli Lourenço e tem três filhas. Morou nos EUA e Alemanha para pesquisar e retornou ao Brasil para atuar como pesquisador independente na área de Matéria Condensada e Física de Superfície. Ele presta consultoria na área de novas tecnologias anticorrosivas. Seu ministério é ensinar o Criacionismo Científico, apresentando palestras em igrejas sobre a importância de mostrar que processos naturais, ou seja, as leis da natureza, não teriam trazido à existência a complexidade encontrada no universo e na vida.

Quando perguntado sobre a razão de ter cursado Teologia e Física, a resposta é rápida: “Porque Deus sabia que um dia elas me seriam necessárias. Como sempre fui muito curioso, conhecer o universo também foi um plano de Deus na minha vida”.

Confira a entrevista exclusiva:

Como se deu sua conversão?

O Senhor Deus veio ao meu encontro quando eu tinha 10 anos. Pude entender o que Ele pensava a meu respeito e que a minha única opção era aquela que Ele me oferecia através de Cristo Jesus.

Por que decidiu cursar Teologia e Física?

Porque Deus sabia que um dia elas me seriam necessárias. Como sempre fui muito curioso, conhecer o universo também foi um plano de Deus na minha vida.

Como saber se a narrativa bíblica sobre a criação aconteceu como está escrito?


Na verdade, é impossível provar que a Criação não ocorreu como está escrito. Gênesis 1 e 2 falam da criação dos céus e da terra. Apocalipse 21 e 22 fala da criação de novos céus e nova terra. Existe uma simetria muito grande entre esses textos. Se Gênesis 1 e 2 são mentiras, então Apocalipse 21 e 22 também o são. Fomos planejados. Esta é a maior descoberta científica de todos os tempos.

Podemos utilizar a Ciência para provar que as revelações bíblicas são verdadeiras?

A Ciência não prova que as revelações bíblicas são verdadeiras porque, se fosse assim, a Ciência seria maior que a Bíblia. Na verdade, a Ciência apenas constata a verdade bíblica.

Como o senhor avalia a postura da igreja e dos pastores em relação ao estudo da Ciência?

A Igreja já não é como foi no passado. Os pastores dos idos de 1800 tinham que estudar Teologia e Física Natural como parte de seu currículo. Hoje, cursam só Teologia, por isso não sabem fazer a conexão da Bíblia com o resto das coisas. É estranho um físico que não lê a Bíblia, assim como é estranho um pastor que não estuda Ciências.

O que dizem as leis do Brasil e dos Estados Unidos sobre ensino da teoria Criacionista nas escolas?

Em ambos os países, as leis promulgadas não favorecem o ensino do criacionismo científico, sob a alegação de que se estaria ensinando religião, e não ciência. Isso é colocado considerando-se o Estado laico, ou seja, secular, sem a influência ou controle por parte da igreja. Dizer-se que ensinar o criacionismo estaria sendo ensinar religião somente seria verdade se fosse ensinado o criacionismo bíblico, ou o criacionismo religioso, em lugar do criacionismo científico.

Apenas para esclarecimento, o Criacionismo científico defende a tese de que processos naturais e leis da natureza não teriam trazido à existência a complexidade encontrada no universo e na vida. Por exemplo,se eu lhe perguntasse: “O laptop que utilizo veio à existência espontaneamente ou foi criado? Em outras palavras, processos naturais e leis da natureza, teriam trazido o meu laptop à existência?” A resposta é, obviamente, um NÃO muito enfático. Se processos naturais e leis da natureza não conseguem trazer à existência um simples laptop, o que dizer a respeito do cérebro humano, que é quase que infinitamente mais complexo? Teria o cérebro humano vindo à existência por meio de processos naturais? A resposta é óbvia.O Criacionismo científico é perfeitamente compatível com o ensino científico proposto pelas leis que regem a educação nesses dois países. Falta apenas conhecimento das lideranças dos departamentos de ensino de ambos os países para que essa disciplina possa ser ensinada nas escolas.

Como confrontar Criacionismo e Evolucionismo?

Sob o ponto de vista da Ciência, o Criacionismo procura demonstrar que leis da natureza, os processos naturais, não teriam trazido a vida à existência. Isso é mostrado em laboratório, onde estão as bases do Criacionismo científico. Os evolucionistas dizem que em bilhões de anos tudo poderia acontecer. Na verdade, evolucionistas e criacionistas possuem exatamente o mesmo dado, a mesma informação. Um fóssil, ou um raio, por exemplo. Mas as perspectivas de cada um é que darão a devida interpretação, do ponto de vista individual.

Como explicar o início da existência de Deus dentro do tempo, do espaço e da matéria?

Deus trouxe tudo à existência quando trouxe o tempo, o espaço e a matéria, mas Deus não está neles e nem precisa deles, pois os criou.O Criador não é a criação, mas está em cada metro cúbico dela. Nós é que estamos presos no tempo e no espaço.
Se não houvesse nada mudando, como saberíamos que o tempo já passou? A ideia de tempo implica a de mudança. Portanto, antes de criar tudo não havia mudança, por isso não havia tempo. Então, não há razão para perguntar quando Deus começou a existir, isso não faz sentido. Deus não vê o futuro porque Ele não está no tempo, está fora do tempo, mas vê tudo de uma vez só.
Enfim, não podemos provar a existência de Deus pela Física, conforme está escrito em Hebreus 11:6. Se fosse possível provar, isso não seria fé, pois o que se prova não tem necessidade da fé.

Como associar milagre e Ciência no advento da abertura do Mar Vermelho?

Por meio de leis físicas, estranhas e desconhecidas o mar se abriu, porque por leis normais e conhecidas isso não seria possível. Por isso o nome é milagre. E do ponto de vista de um matemático, é mais fácil crer no mar que se abriu do que na explosão do big bang,que teria originado toda a criação, porque no primeiro caso tinha dois milhões de testemunhas e no outro, nenhuma.

Há uma explicação científica para o fato de Deus ter feito Eva da costela de Adão, e não de outra parte do corpo?

Sim. Primeiro Deus aplicou-lhe uma anestesia geral, que foi um pesado sono. Em seguida, Deus retirou uma de suas costelas porque nela tem medula óssea vermelha, onde encontramos células-tronco. É nelas que está o material genético para a clonagem. Eva foi criada de uma clonagem. Após a cirurgia, Deus fechou a carne de Adão fazendo de Eva um clone alterado geneticamente.

Por que Deus começou a criação pelo homem, e não pela mulher?

Porque eles (os homens) são de cromossomos XY e a mulher, XX,e no processo de clonagem, é só duplicar o X. Mas,se houvesse começado pela mulher, como iria duplicar o Y?

Por que temos medo de estudar e confrontar Ciências? Seria um sinal de incredulidade estudar essas coisas?

Essas duas questões estão relacionadas com o nosso entendimento do que é Ciência. Ciência nada mais é que uma busca por conhecimento. Nenhum cristão verdadeiro deveria temer a Ciência, ou mesmo não querer confrontá-la sabiamente, pois nós somos convidados por Deus a buscar conhecimento (Prov. 2:1-5). Deus disse: “Dominai a terra”, ou seja, saiba com funciona, conheça, estude Ciências. Infelizmente, nem tudo o que é ensinado “em nome da Ciência” é verdadeiro. E por isso muitos cristãos não se sentem motivados a estudar Ciências. A reação deveria ser exatamente a oposta. Por Deus ter nos libertado para conhecer a verdade – e conhecê-la em todas as áreas, não somente na área espiritual – é que deveríamos ter muitos cristãos envolvidos com a Ciência. Precisamos entender que a multiforme sabedoria de Deus, como nos é dito em Efésios 3:10, expressa-se em todas as áreas do conhecimento humano, inclusive na Ciência. Essa é uma das principais razões de o mundo incrédulo achar que Deus só entende de coisas espirituais, o que é um erro muito grosseiro. Sinal de incredulidade é não querer conhecer as obras das mãos de Deus, reveladas na natureza e estudadas pela verdadeira Ciência.

A Ciência e a fé se contradizem ou se misturam?

Depende de como se vê a Ciência e a fé. Toda ciência devidamente estabelecida e toda Bíblia corretamente interpretada nunca entrarão em contradição. Em Jó 6:7 temos uma afirmação científica. Nosso norte sideral existe, é o espaço vazio. Isso foi provado por cientistas em 1989 e confirmado em 2007.

Qual teria sido o sinal colocado em Caim depois que matou Abel?

A Bíblia não diz qual foi o sinal colocado em Caim. E não há como descobrir. Existem pessoas que dizem que foi a cor negra da pele. Isso é pura heresia. A Bíblia não ensina isso. E podemos perceber muito facilmente que esse não é o caso. Se Caim fosse negro, todos os seus descendentes, que por sinal não entraram na Arca de Noé, teriam morrido no dilúvio. Portanto, não deveria haver nenhuma pessoa de pele negra após o dilúvio.

Satanás é criação de Deus?

Satanás é criação de Deus, mas Deus não está lutando com Satanás, pois este não é páreo para Ele. Assim que quiser, poderá desfazê-lo num piscar de olhos. É o arcanjo Miguel quem luta com Satanás.

A Bíblia é mais avançada que as descobertas científicas?

Para exemplificar esta verdade, cito Gênesis 1:9, onde a Biblia fala da parte seca criada e não das partes secas, ou seja, havia um único continente. A Bíblia diz que a ciência é tão ignorante que chegou a essa conclusão quatro mil anos depois.E em Jó 40:15 temos a descrição completa do dinossauro, de 40×24 metros de altura e 100 toneladas. O osso era de 30 cm de diâmetro.

Qual a melhor estratégia de evangelização de crianças?

A Igreja tem que parar de ensinar Gênesis como se fosse um gibi. É história com H, e não com e, de estória. Temos que ensinar Genealogia, que é a ideia de falar dos personagens bíblicos dentro do tempo e do espaço. Por exemplo, Abraão tinha 58 anos quando Noé existia e podia perguntar tudo o que quisesse para ele. Na minha infância, muitas coisas, pela maneira como me foram ensinadas, reforçavam as ideias evolucionistas que eu recebia na escola. Uma dessas coisas ensinadas na igreja foi que Noé não teria levado os dinossauros na arca porque eles já estariam extintos há muito tempo. Eu queria colocar os dinossauros na arca, mas o professor disse que eles já haviam desaparecido. Então, eu fiz automaticamente uma separação dos tempos que reforçaram a ideia evolucionista que aprendi na escola.

O que responder para quem defende que a Bíblia é apenas papel e não serve como prova da verdade sobre Deus e sua criação?

Pergunte a idade da pessoa. Quando ela responder, peça que prove sua idade. Ela apresentará um documento com sua data de nascimento. Ao final, pergunte por que ela acredita num pedaço de papel e conclua dizendo que ninguém sabe de fato sua própria idade, apenas cremos num pedaço de papel e no que as pessoas dizem a nosso respeito. Por que insistem em usar esse argumento somente para a Bíblia?

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!