A ajuda que faz a diferença para as famílias da Síria

Cestas básicas são enviadas para as famílias sírias. Foto: Portas Abertas

Já são sete anos de guerra e as famílias cristãs são as mais necessitadas.

Com os conflitos continuando na Síria, muitas famílias já se refugiaram do país. Por falta de condições ou por qualquer outro motivo, muitos preferiram ficar. Mas estão sofrendo com a escassez de comida e a falta de materiais básicos de sobrevivência. Os cristãos são os mais afetados com a guerra que já dura sete anos.

A missão Portas Abertas tem enviado ajuda humanitária e básica para a população do país. Através da contribuição de cristãos do mundo inteiro são enviados cestas básicas, kit de higiene pessoal roupas e cobertores.

Uma das contempladas com a ajuda que chega até o país é a dona Both Vartoha. A professora vive com a irmã mais nova. As duas dependem de uma pensão que não cobre os custos básicos como alimentação e remédios. Ela relatou para misisionários da Portas Abertas que com a guerra as dores que já sentia nos rins pioraram.

“Vocês tem me ajudado com os medicamentos que eu preciso e isso alivia muito do peso sobre os meus ombros. Sua contribuição leva um pouco da dor que eu sinto. Eu peço a Deus que essa guerra acabe o quanto antes”, agradeceu a professora.

A família de Myrna também foi afetada pela guerra. Eles tiveram que fugir da cidade onde o marido tinha uma loja de roupas quando lá se transformou em um campo de batalhas. Eles perderam quase tudo e se mudaram para Aleppo. O objetivo era tentar reconstruir suas vidas e permitir que a filha de sete anos crescesse em segurança. Com o seu apoio, eles recebem uma cesta básica por mês, o que os ajuda a sobreviver no país. “Nós perdemos tudo. Eu agradeço pela ajuda. Vocês nos ajudam a sermos pais e mães que podem cuidar dos filhos. Isso alivia muito o peso dos nossos ombros. Obrigada”, concluiu Myrna.

Uma questão de sobrevivência

Os cristãos na Síria precisam de condições mínimas para exercer seu papel na reconstrução do país. Com a sua contribuição, você ajuda a manter nosso programa de ajuda emergencial.

*Com informações de Portas Abertas


Leia mais

Quase 30 mortos em novos bombardeiros na Síria
ONU faz alerta de catástrofe humanitária na Síria
Massacre na Síria deixa 44 mortos
Novos Ataques na Síria, Trump diz que vai tomar uma decisão
Síria – Mais de 350 mil mortes em sete anos

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!