Greve – 100 mil reais para quem descumprir acordo

Foto: Reprodução Web

Empresários são investigados por participação no movimento grevista. Governo Federal Já pediu prisões à Justiça.

Em uma entrevista coletiva neste sábado (26) o Ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marum disse que haverá multa de 100 mil reais para quem descumprir o acordo.  Falou também que a Polícia Federal já pediu a prisão de empresários suspeitos de incitar o movimento de paralisação. É que o Governo acredita que há um locaute (greve de empresas).

A declaração do Ministro foi depois de uma reunião do presidente Temer com oito ministros, que aconteceu na manhã deste sábado no Palácio do Planalto. O Governo pede para que os caminhoneiros voltem ao trabalho.

A preocupação do governo é com a situação dos hospitais. E por isso, os caminhoneiros de insumos para a área da Saúde que não voltarem às atividades também serão multados. Segundo Marum, a situação continua grave.

A reunião de Temer com os Ministros durou cerca de três horas. O Palácio do Planalto não divulgou dados atualizados sobre os desbloqueios e nem sobre os aeroportos em funcionamento. Mas garantiu que os dados ainda não são positivos desde a implantação da Garantia da lei de Ordem (GLO), após 24 horas do anúncio do uso das Forças Armada.

*Com informações da Agência Brasil


Leia mais

Caminhoneiros mantém protestos mesmo com acordo

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!